Notícias

Nota de pesar Ildes Ferreira

Nota de pesar Ildes Ferreira

23 de Maio de 2019 - 13:51:53h


É com muito pesar que vimos trazer a triste notícia do falecimento de nosso querido amigo. Ele parte deixando-nos muitas lições de amor, amizade, profissionalismo, ética e humanidade. 

As pessoas são insubstituíveis em sua existência, e quando são especiais, além da falta que fazem àqueles que as amam, deixam o mundo mais pobre. Sem o nosso amigo, o mundo perde um pouco do seu brilho, alegria e cor.

Não temos palavras para expressar os nossos sentimentos. Pedimos a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos neste momento de dor. Que a luz e o amor divino pairem sobre a alma de quem sofre esta imensurável perda, e os console e lhes dê serenidade para atravessar esta tempestade.

O secretário de Desenvolvimento Social de Feira de Santana e ex-vereador Ildes Ferreira, de 70 anos, morreu na madrugada desta terça-feira (21), no município baiano que fica a cerca de 100 km de Salvador.

O sociólogo, que também era professor da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), foi secretário estadual de Ciências e Tecnologia do Estado na primeira gestão do governo Jaques Wagner, em 2006.

Ildes também foimembro fundador da ONG Movimento de Organização Comunitária (MOC), que tem entre as ações um projeto de combate à seca.

Conforme nota enviada pela assessoria da prefeitura de Feira de Santana, Ildes lutava contra um câncer no pulmão, descoberto há cerca de cinco meses.

O prefeito Colbert Martins Filho decretou luto oficial de três dias no município. Foi decretado ainda ponto facultativo na Secretaria de Desenvolvimento Social, onde Ildes atuava desde 2013.

Por iniciativa do presidente da Câmara de Vereadores, José Carneiro Rocha, o velório do secretário acontece desde a manhã desta segunda, no saguão da Casa Legislativa.

O sepultamento está previsto para as 15h30, no cemitério Jardim Celestial, em Feira de Santana, onde será celebrada missa de corpo presente pelo arcebispo emérito do município, dom Itamar Vian.